A UNIVERSIDADE E OS NOVOS CARETAS

– André L. Soares – 16.11.2009 –

.

Durante a ditadura, os universitários constituíam grupo fundamental na luta contra os militares. Era a efetivação prática do que aprendiam nos livros. Imbuídos das teorias de Marx, Sartre e Foucault, entre outros, a vontade de abalar as estruturas do poder surgia naturalmente.

Naquela época, estudante ouvia Caetano Veloso – que ainda não era um chato; mas, sim, a voz mais importante da arte de vanguarda no Brasil. Estudante lia ‘O Pasquim’, mesmo que isso o levasse aos porões do DOPS (Departamento de Ordem Política e Social). Estudante via filmes de Glauber Rocha – que, de tão autêntico, irritava a direita e a esquerda.


No começo dos anos 80, ao visitar o campus da Universidade de Brasília, o Secretário de Estado norte-americano, Henry Kissinger, foi recebido com ovos. Era o jeito do universitário candango de protestar contra a política externa de Tio Sam.

Quando entrei na universidade, em 1988, um amigo me chamou: ‘– Vamos ao anexo’. Pensei tratar-se de algum antigo ‘aparelho comunista’. Era só um bar, ao estilo copo-sujo, onde estudantes matavam aula para se renderem à cerveja e ao ‘truco’ – o que não chegava a ser ruim.

No início dos anos 90, o universitário brasileiro que ainda protestava contra algo estava nas instituições particulares. Brigava contra o aumento da mensalidade. O último resquício de participação social se deu no ‘impeachment’ de Collor. Após isso, o termo ‘universitário’ foi desvinculado de qualquer reivindicação de maior importância.

Agora, que predomina o discurso meramente materialista, os universitários, em sua maioria, não têm ideais. Possuem carro novo, computador, blog, iphone e ipod. Porém, consciência crítica e opinião própria, a mídia não lhes permite que tenham.

Não digo, com isso, que para ser bom estudante alguém deva se sacrificar por alguma causa. Nem é preciso ser rato-de-biblioteca. Os tempos são outros. A visão social deu lugar à especialização profissional. No entanto, há que se ter um ‘norte’ filosófico: um mínimo-ético que oriente cada ação, impedindo que o universitário se transforme em retrógrado incorrigível, que agride alunas por conta de alguma saia que julgue curta demais.

Aliás, na minha época, mulheres e saias curtas eram muito bem-vindas entre nós, homens universitários. É,… os tempos são mesmo outros.

.

.

.

Leia também:

Alma de Poesia /Gritos Verticais /Natureza Poética /O Poema de Cada Dia /Poética Herética /Raiz de Cem /Sons de Sonetos

, , , , , , ,

  1. #1 por romy em 17 novembro, 2009 - 3:51 pm

    Oi André, tenho dois adolescentes e fica preocupada o que será da formação deles. Realmente os ideais estão tão contraditórios, eles estão completamente perdidos neste mundo materialista, aonde quem tem mais pensa que é mais, e quem não tem passa por cima de tudo para ter. Tento passar ensinamentos bons para eles, mas quem disse o que era bom para mim vai ser bom para eles. Tento fazer o melhor e contar com alguma ajuda advinda de um plano superior para que eles fiquem sempre bem. Gosto muito de seus textos. Parabéns

    Romy

  2. #2 por Rosana Madjarof em 17 novembro, 2009 - 3:51 pm

    Texto muito bem elaborado.

    As universidades, ao me ver, fazem parte desta grande sociedade de massa falida.

    Não há propósitos específicos para se adentrar à uma universidade, aliás, hoje em dia qualquer um consegue passar num vestibular, e para isso nem precisa estudar, muito menos ter ensino médio concluído… É o que vemos nos notíciários todos os dias…

    A universidade só aplica a prova do vestibular porque é de lei, caso contrário, nem isso faria.

    É o caos… E as pérolas vão crescendo dia a dia…

    Uma vergonha para o país e para os homens…

    Bjs.

    Rosana.

  3. #3 por Elizabete em 17 novembro, 2009 - 3:53 pm

    O poder aquisitivo é bom, demonstra status..Oferece todo conforto e as as mais modernas tecnologias. Porém, se não vigiarmos ele rouba a consciência crítica e nossos ideais. No caso dos universitários, por exemplo; eles podem ter carro novo, computador, blog, iphone e ipod. Porém, de que vale tudo isso sem a consciência crítica que foi roubada pela mídia?

  4. #4 por Sérgio Marques em 17 novembro, 2009 - 4:56 pm

    Realmente, os universitários precisam saber construir uma massa crítica própria, mesmo com o mar de informações que circunda entre nós pela internet e Televisão.

  5. #5 por Iúri em 17 novembro, 2009 - 6:33 pm

    Sem dúvida estamos vivendo num tempo totalmente diferente… a educação, o respeito, nada é mais o mesmo. Ninguém respeita ninguém, e acha isso normal.

    Talvez daqui há algum tempo o Governo perceba que realmente um investimento sério em educação poderá mudar o retrato tão sinistro da educação no Brasil.

    Ótimo texto!

  6. #6 por LISONN em 17 novembro, 2009 - 9:32 pm

    Saudações!
    Amigo André,
    Um texto muito bem fundamento sobre a trajetória do ensino superior no Brasil…. Uma situação triste e delicada!
    Parabéns pelo magnífico texto!
    Abraços,
    LISON.

  7. #7 por Claudinha em 18 novembro, 2009 - 9:17 am

    Emburrecemos, você quer dizer, e eu concordo. Atualmente universitário se dedica a queimar índio, jogar pedra em garota de minissaia e a ler a revista Capricho…
    Nada de construção, de esforço, de busca, apenas o “venham a mim”. Universitário comprando trabalho de outro por preguiça de fazer o seu próprio texto, deixar a sua marca…Encontramos um a cada esquina!
    Não há mais paixão pelo cohecimento!
    Bjs!

  8. #8 por Paulo Santana em 18 novembro, 2009 - 6:37 pm

    Caraca Andrezão, essa galera tá tudo doidão, fumaram bagulho estragado … só porque a gatinha tava de mini-saia… eu hein…kkkkk!!!!!
    há braços!!!!

  9. #9 por Claudine Ribeiro em 18 novembro, 2009 - 7:36 pm

    Olá amigo André, a educação e as universidades não são os mesmos de outrora, deixam muito a desejar, os universitários só querem exigir seus direitos, agora eu pergunto: que direitos? Para mim eles não têm nenhum, pois para terem algum devem primeiro respeitar as pessoas e as instituíções, devem também estudar, pois só querem passar na moleza. Aqui em Natal, na prova da OAB só passam 12% das pessoas que fizeram, de mil e poucos candidatos. E ainda antes de sair o resultado foram fazer piquet para anularem a prova.

    Um abraço.

  10. #10 por isma em 18 novembro, 2009 - 9:23 pm

    Ola André !
    Na minha opinião antigamente os que cursavam as universidades almejavam uma profissão ,hoje só querem um trabalho que muitas vezes não conseguem.É preciso valorizar mais a educação.Gostei do post,a paz!

  11. #11 por Rita em 19 novembro, 2009 - 8:13 pm

    Lindo, careta eram nossas avós. Esses jovens aí são é desorientados mesmo.

    Penso que há, em todo jovem, uma chama esperando ser acesa.

    Eu, por exemplo, mesmo não tendo participado de movimentos estudantis, nem tendo vivido na carne os horrores da ditadura, briguei pelas ‘diretas já’; fui de cara pintada pra as ruas exigir o ‘impeachment’.

    A minha geração, cresceu gritando por um Brasil menos pobre, mais respeitado, mais justo, porque tomou, como seus, os sonhos que ouviam em casa.

    Sabe meu querido, a atitude incorreta de muitos jovens e essa apatia que parece assolar a atual juventude é realmente de nos tirar a esperança. Mas acho que, pior que não acreditar neles, é constatar que aqueles que deveriam orientar os jovens fracassam já de inicio, nos mínimos desafios.

    Temos é que cobrar que façam diferente. Porque a grande verdade é que a culpa não é só dos educadores: é também família, da mídia, da sociedade no todo, que parece ter também esquecido os antigos ideais.

    Sabe aquela história de “Cabeça vazia, oficina do diabo”? É assim que a grande maioria dos jovens hoje segue nesse mundo de facilidades que os jogamos.

    Não posso, nem tenho o direito de perder a fé nessa juventude. Porque, como bem sabe, tenho uma filha de 18 anos. Entendo que é minha obrigação ensinar a ela a ser mais uma a somar para o bem.

    Meu querido,… você está de parabéns por essa maravilhosa crônica. De tão boa, dá até vontade de ficar aqui lendo tudo e escrevendo a mil.

    Beijussssssssssssssss!

  12. #12 por Renato Bruno em 22 novembro, 2009 - 4:02 pm

    Eu sou universitário e posso afirmar que a maioria dos estudantes não possui senso crítico, eles repudiam temas novos em diálogos. O objetivo da grande maioria de estudantes consiste apenas em conseguir notas que sejam suficientemente boas para passar de período para poder ser um bom consumista no futuro e freqüentar copos sujos. Essas coisas não são ruins, mas quando sua vida se resume a isso é patético. Enquanto há um mundo cheio de teorias e idéias novos a serem pesquisadas essas pessoas se diminuem aceitando um padrão de comportamento “tolo”. Enquanto isso os estudantes que possuem senso critico sentem-se isolados no meio universitário.

    • #13 por Renato Bruno em 22 novembro, 2009 - 4:27 pm

      Para completar, sobre a revolta pela mini-saia: Será que alguma daquelas pessoas sabia o por quê de suas ações? Isso me faz pensar em cães vira-latas perseguindo um ciclista, é um comportamento estúpido que por mais que eu tente entender os motivos, não consigo. E tão estúpido quanto isso é ser questionado depois se concorda com a estudante que usou mini-saia. E isso é lá motivo para um debate?

  13. #14 por Falbo em 26 novembro, 2009 - 9:56 pm

    André meu amigo, seu post nos retrata uma perda de identidade que no passado foi uma alavanca para a democracia que vivemos hoje, os jovens Brasileiros da década de 90 se entregou realmente as inovações sensuais da nova era, mas o problema eu vejo que pode se dar também para o que se passado dentro das entidades para os alunos..
    Amigo paz e graça.

  14. #15 por Alceu A. Sperança em 28 novembro, 2009 - 9:10 am

    Todo apoio! Onde eu assino? Considere assinado.

  15. #16 por Cris em 3 dezembro, 2009 - 5:46 pm

    André,

    Também fico boquiaberta com a alienação dos jovens e o que mais me assusta é que eles são o futuro do país. Teremos adultos fissurados em consumismo, fazendo com que o país ande as custas de roubos e divisão na grande casa para poderem bancar seus mimos.

    Cambada de frouxos, isso sim.

    Beijocas

  16. #17 por agrj em 12 janeiro, 2010 - 10:22 pm

  17. #18 por renancabelo em 21 janeiro, 2010 - 8:13 pm

    opa, aceita uma troca de links com meus dois blogs?
    http://www.teobaldohp.com e http://www.diretodesm.com ?

    aguardo sua resposta, abração!

  18. #19 por georgia aegerter em 2 fevereiro, 2010 - 11:47 am

    André muito bom o seu texto e me deu uma saudade dos meus tempos de faculdade. O barzinho que freqüentávamos se chamava “Harmonia”, mas ali se discutia em pauta muitos temas que nos angustiávamos. Entre um chopinho, uma batata frita ou calabresa nos preparávamos para os debates que seríam discutidos em sala de aula.

    Boa semana

  19. #20 por Tiago Dias em 9 março, 2010 - 10:27 pm

    Olá, tudo bem?

    Eu me chamo Tiago Dias e sou o dono administrador do Blog ATI&D – (Alta Tecnologia, Informação & Diversão) e eu estava navegando pela internet quando encontrei o seu blog e percebi que ele é bem estruturado, qualificado e está rumando à nível profissional. Eu o achei muito interessante e gostei do assunto abordado. Isso me levou ao interesse de criar uma parceria entre o Blog ATI&D e o seu blog para a Troca de Banners, que irá beneficiar a ambos, pois o Blog ATI&D possui PageRank 4. Desta maneira estaremos melhorando o nosso status perante os mecanismos e motores de busca que nos enviarão mais visitas aumentando assim a nossa possibilidade de aumentar o nosso PageRank.

    Caso você esteja interessado em realizar uma parceria para Troca de Banners com o Blog ATI&D, que possui uma média de 2.000 à 2.500 visitas únicas por dia, adicione o Banner do Blog ATI&D, que está localizado na minha página inicial em modo Link-Me, em um local “fixo” na página inicial do seu blog e me envie um e-mail como resposta. Em seguida irei adicionar o Banner do seu blog na página inicial do Blog ATI&D concretizando assim a nossa parceria.

    O Blog ATI&D tem PageRank 4, uma média de 2.000 à 2.500 visitas únicas por dia e está rumando a nível profissional para se tornar parte de uma empresa on-line de portal de notícias para blogs com informações voltadas ao entretenimento, cinema, games e informática. Isso irá beneficiá-lo bastante. Eu tinha fechado o departamento de Troca de Banners, mas estou abrindo-o novamente com planos de fechar parcerias somente com blogs profissionais da Blogosfera Brasileira, assim como o seu, para iniciar o projeto com a empresa on-line.

    Desde já agradeço sua análise, decisão final e aguardo o seu retorno com o endereço do seu blog onde estará localizado o Banner do Blog ATI&D e também a página onde estará o seu Banner para que eu possa adicioná-lo imediatamente na página inicial do Blog ATI&D.

    O Banner do Blog ATI&D tem de ficar em um local “fixo” na página inicial do seu blog, pois o seu Banner, caso você aceite a minha proposta de parceria, também ficará fixado em um local “fixo” na página inicial do Blog ATI&D.

    Grato.

  20. #21 por Barbara em 7 maio, 2010 - 12:48 pm

    Muito bom o blog.

  21. #22 por Barbara em 28 maio, 2010 - 10:54 am

    Muito bom esse post.

  22. #23 por Barbara em 31 maio, 2010 - 9:28 am

    Adorei o post.

  23. #24 por Vanessa em 16 julho, 2010 - 9:20 am

    Adorei . Parabéns!!!😉
    http://www.detetivemg.com.br

  24. #25 por Scritta em 16 agosto, 2010 - 3:38 pm

    Olá,
    Anualmente a Scritta promove o Concurso Dia do Escritor. Estamos na 4ª edição.
    O Concurso Dia do Escritor da Scritta trará como tema: “Será o fim dos tempos?” Já estão abertas as inscrições para o concurso.
    Contamos com a sua colaboração para divulgar o concurso e, assim, descobrirmos juntos novos talentos literários do nosso país.
    A Scritta criou um site específico para o concurso: http://www.diadoescritor.com.br
    Sua parceria será de grande valia para o sucesso do concurso!
    Sugestões ou críticas são bem-vindas.
    Entre em contato conosco pelo e-mail: scritta@scrittaonline.com.br

    Obrigada!🙂

    Atenciosamente,
    Equipe Scritta

  1. Alguns entre tantos Bons Posts de outros Blogs da Semana#13 « JOTABE BLOG ECONOMIA
  2. Trackback

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: